• O que é Extensão?

    A UFRJ adota o conceito de extensão universitária, definido pelo Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (FORPROEX, 2010):

    A Extensão Universitária, sob o princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, é um processo interdisciplinar educativo, cultural, científico e político que promove a interação transformadora entre universidade e outros setores da sociedade”.

    Na UFRJ, a Pró-Reitoria de Extensão (PR-5) é responsável pela gestão e fomento das ações de extensão e tem como órgão deliberativo o Conselho de Extensão Universitária (CEU), criado pelo Conselho Universitário (CONSUNI) em 30 de maio de 2018.

     

  • Extensão na COPPE

    A Coppe desenvolve ações na área de extensão que envolve seus docentes e alunos de pós-graduação e, com isso, cria oportunidades de participação para os alunos de graduação de diversos cursos da UFRJ que têm a obrigatoriedade da creditação de extensão em seus currículos.

    Diretoria de Assuntos Acadêmicos

    Profa. Lavínia Maria Sanabio Alves Borges – lavinia@adc.coppe.ufrj.br

    Coordenação Adjunta de Extensão da Coppe

    Cleide de Morais Lima – cleide.lima@adc.coppe.ufrj.br

  • Ações de Extensão da COPPE ativas no SIGA

    Título: Ensino Hibrido: Desafios e perspectivas nas engenharias e no ensino básico
    Coordenador: MARCELLO LUIZ RODRIGUES DE CAMPOS
    Contato do coordenador: campos@smt.ufrj.br

    Resumo: A pandemia da COVID-19 impôs uma transição drástica do modelo padrão de ensino, para aulas estritamente virtuais, e tem exigido um grande esforço para preparar e oferecer cursos aos alunos, seja no ensino universitário ou no ensino básico, pois poucos estavam preparados para lidar com as tecnologias de ensino online. Passados meses após o isolamento, não tem sido trivial a transição do presencial para o virtual, principalmente na manutenção da qualidade das disciplinas oferecidas neste novo formato. Uma lição foi aprendida neste processo: é necessário investir de forma permanente na implementação de tecnologias inovadoras/eficientes no melhoramento dos processos de ensino e aprendizagem. Neste sentido, este projeto visa a dar apoio à rede pública de ensino, seja no âmbito do ensino básico ou do ensino de engenharia em outras universidades, no Estado do Rio de Janeiro. O objetivo é o desenvolvimento de recursos e cursos em formato híbrido, incorporando técnicas de aprendizado ativo, sala de aula invertida, multimodalidade, etc.

    Título: Escola Piloto em Engenharia Química Prof. Giulio Massarani
    Coordenador: HENRIQUE POLTRONIERI PACHECO
    Contato do coordenador: pacheco.h.pacheco@gmail.com e helen@peq.coppe.ufrj.br

    Resumo: A Escola Piloto Presencial (EPP) em Engenharia Química surgiu em 1993, no PEQ/COPPE, e é uma ferramenta de atualização e de educação continuada, bastante útil para professores de ensino médio e de graduação, mas também muito procurada por estudantes e técnicos, além de empregados da indústria em geral. Nesta proposta da EPP desta edição serão oferecidos 10 módulos: TÉCNICAS AVANÇADAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS (DIVIDIDA EM 10 SUB-MÓDULOS) ensina técnicas de ponta para caracterização de diversos de tipos de materiais, discutindo o fundamento das técnicas e exemplificando com dados reais. Os módulos são: Módulo 1: Técnicas espectroscópicas (FTIR, DRIFTS, RAMAN e UV-Vis) Módulo 2: Ressonância magnética nuclear (RMN) Módulo 3: Difração de raios x (DRX) Módulo 4: Espectrômetro de Massas e Redução à Temperatura Programada (MS e TPR) Módulo 5: Cromatografia por permeação em gel (GPC) Módulo 6: Análises de tamanho de gotas e partículas Módulo 7: Técnicas cromatográficas gasosa e líquida – Uma visão de Troubleshooting Módulo 8: Elementos de caracterização de petróleo Módulo 9: Análises térmicas – TGA, DSC e DMA Módulo 10: Biotecnologia no Cotidiano.

    Título: Laboratório de Informática e Sociedade – LabIS
    Coordenador:  HENRIQUE LUIZ CUKIERMAN
    Contato do coordenador: hcukier@cos.ufrj.br e lealsobral@cos.ufrj.br

    Resumo: O LabIS veio se configurando ao longo de uma caminhada que remonta aos trabalhos e investigações da linha de pesquisa em Informática e Sociedade (IS) do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação (PESC) da COPPE/UFRJ. Uma linha de pesquisa há tempos em busca de um Brasil ainda por inventar, movida pelo desejo de compreender a realidade brasileira para colaborar com a construção de um país mais justo e equânime. Trabalhamos com a produção de software de acessibilidade (LibrasOffice), jogos educativos (Damática), bancos comunitários (Mumbuca e Preventório) e oferecemos cursos de programação para estudantes da rede pública do ensino médio.

    Título: Letramento de Jovens, Adultos e Idosos da COPPE/UFRJ
    Coordenador: DENISE CUNHA DANTAS
    Contato do coordenador: ddantas@oceanica.ufrj.br

    Resumo: O Letramento de Jovens, Adultos e Idosos da COPPE/UFRJ é um projeto aberto a todo aquele que não é alfabetizado e aquele que não teve acesso ou não concluiu os estudos no Ensino Fundamental na idade escolar referente. Foi criado em 2005 pela Assessoria de Desenvolvimento Social da COPPE, a partir de uma pesquisa com os servidores e trabalhadores terceirizados que atuavam em atividades de limpeza e serviços gerais. A pesquisa foi ampliada para outras unidades e setores da Universidade. Hoje o Projeto tem como aluno servidores da UFRJ e terceirizados que, em sua maioria, trabalham no Centro de Tecnologia, e cidadãos moradores do entorno da Ilha do Fundão, principalmente da Vila Residencial e do Complexo da Maré. As aulas são ministradas no Centro de Tecnologia para as turmas de Letramento Básico, Intermediário e Avançado. E acontecem de segunda a sexta feira, de 15 às 16:30 horas.

    Título: Polímeros para o setor de petróleo e gás – Aditivos
    Coordenador: TAISSA ZANGEROLAMI LOPES RODRIGUES
    Contato do coordenador: taissazl@yahoo.com.br e elucas@metalmat.ufrj.br

    Resumo: A ação contempla aulas teóricas e demonstrativas e obtenção, caracterização e propriedades em solução dos polímeros, além de suas aplicações como aditivos na indústria do petróleo.

     

    Título: Polímeros: aplicações e uso consciente
    Coordenador: ARIANE DE JESUS SOUSA BATISTA
    Contato do coordenador: ariane.pent@gmail.com e ariane@pent.coppe.ufrj.br

    Resumo: A reciclagem de plásticos é um tema importante, visto que mais de 60% de todo plástico produzido já virou resíduo e apenas 9% foi reciclado em todo mundo. No Brasil os dados são ainda mais alarmantes. O relatório apresentado pelo WWF recentemente afirma que o Brasil é o quarto maior produtor de resíduos plásticos do mundo e recicla menos de 2% desse montante. Contudo, políticas de reciclagem e educação ambiental ainda são precárias e pouco divulgadas, e a disseminação de informações que tornam os plásticos vilões fazem com que o banimento desses materiais seja cada vez mais desejável. No entanto, vale lembrar que os plásticos são polímeros de alto valor agregado, baixo custo de produção e muito versáteis, e quando reciclados podem ser reinseridos na cadeia produtiva, possibilitando a produção de novos materiais, além de alavancar o setor energético. Dessa forma esse projeto visa instruir e incentivar alunos de escolas públicas e privadas a serem multiplicadores dos conceitos de reciclagem em suas escolas, famílias e comunidade. Onde palestras e atividades lúdicas serão realizadas, de forma virtual, incentivando o descarte correto ou reutilização de resíduos plásticos, evitando que esses resíduos sejam descartados em lugares impróprios.

    Site onde os trabalhos realizados pelo projeto de extensão são divulgados
    Instagram do Grupo EngePol (PEQ/COPPE/UFRJ), onde todos os nossos trabalhos e laboratórios são divulgados, inclusive os do projeto de extensão

    Título: Programa de Incubação de Empreendimentos Populares – Inovação Social dos Processos de Incubação de EES
    Coordenador: GONCALO DIAS GUIMARAES
    Contato do coordenador: goncalo@itcp.coppe.ufrj.br

    Resumo: A ITCP/COPPE vem atuando, desde a sua criação, no apoio aos Empreendimentos Populares. Desenvolve ações que vão de encontro às necessidades das classes populares e dos setores informais, que historicamente ficam à margem das ações sociais desenvolvidas pelo Estado. Hoje novas técnicas e ferramentas são requeridas para enfrentar os novos desafios que se apresentam. Esta proposta visa investigar metodologias inovadoras de incubação, que propiciem o aperfeiçoamento das atividades dos empreendimentos incubados, dando continuidade às ações desenvolvidas pela ITCP/COPPE. A implantação das novas metodologias desenvolvidas permitirá melhorar a qualidade dos Empreendimentos Econômicos Solidários – E. Site da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP/COPPE/UFRJ 

     

    Título: Espaço COPPE Miguel de Simoni
    Coordenador: ALESSANDRO JACOUD PEIXOTO
    Contato do coordenador: jacoud@poli.ufrj.br

    Resumo: A atividade central deste projeto é a visitação guiada a exposição do Espaço COPPE, realizada predominantemente por estudantes do Ensino Médio da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Os grupos de estudantes realizam as visitas acompanhados por professores das escolas de origem. O ambiente dos espaços de divulgação científica e tecnológica, como o Espaço COPPE, pode proporcionar elementos-chave de fomento a` motivação intrínseca do aprendizado – por exemplo: construção de significado pessoal, tarefas desafiadoras, colaboração e sentimentos positivos sobre os esforços realizados e, portanto, são potenciais indutores da formação de vínculos novos, por vezes mais intensos. Site do Espaço COPPE  

     

    Título: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE (SGQ) e MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO (MEG) PARA SERVIDORES PÚBLICOS – DEFESA
    Coordenador: EDUARDO OLIVEIRA DOS SANTOS
    Contato do coordenador: eduardo.oliveira@adc.coppe.ufrj.br e karina.andrade@adc.coppe.ufrj.br

    Resumo: O Curso tem por objetivo a elaboração, implantação, manutenção, melhoria contínua e auditorias internas de sistemas de gestão da qualidade segundo requisitos das normas NBR-ISO:9001 e implantação de boas práticas de gestão segundo os critérios definido no Modelo de Excelência em Gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). O curso está vinculado ao Programa FORMAÇÃO CONTINUADA DE SERVIDORES PÚBLICOS.

     

    Título: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE (SGQ) e MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO (MEG) PARA SERVIDORES PÚBLICOS GERAIS E UFRJ
    Coordenador: EDUARDO OLIVEIRA DOS SANTOS
    Contato do coordenador: eduardo.oliveira@adc.coppe.ufrj.br

    Resumo: O Curso tem por objetivo a elaboração, implantação, manutenção, melhoria contínua e auditorias internas de sistemas de gestão da qualidade segundo requisitos das normas NBR-ISO:9001 e implantação de boas práticas de gestão segundo os critérios definido no Modelo de Excelência em Gestão (MEG-TR) preconizada pela SEGES do Ministério de Economia). O curso está vinculado ao Programa FORMAÇÃO CONTINUADA DE SERVIDORES PÚBLICOS.

    Título: UBUNTU.lab – Programa de inovação aberta em cidades inteligentes para a redução da desigualdade racial no Rio de Janeiro Coordenador: MATHEUS HENRIQUE DE SOUSA OLIVEIRA
    Contato do coordenador: matheusoli@hotmail.com

    Resumo: O Projeto BRA/15/010 – Fortalecimento e Expansão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial é uma ação entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) com o objetivo de descentralizar as políticas públicas de igualdade racial e fortalecer e expandir o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). A Fundação COPPETEC foi uma das entidades selecionadas através do projeto U.lab para apresentar a prefeitura do Rio de Janeiro um laboratório de inovação governamental a ser replicado como política de promoção da igualdade racial no âmbito de implementação do Plano de Desenvolvimento Sustentável do Município desenvolvido pelo Escritório de Planejamento da Secretaria Municipal da Casa Civil (EPL). No âmbito do Sinapir, o presente projeto tem o objetivo de entregar ao município do Rio de Janeiro, um programa de inovação governamental que coloca o jovem negro como protagonista da tecnologia capaz de promover o bem-estar no seu dia a dia.

     

    Título: Unidade de Suporte à Inovação Social – USIS
    Coordenador:  CARLA MARTINS CIPOLLA
    Contato do coordenador: carla.cipolla@ufrj.br

    Resumo: A atividade apoia inovações sociais como chave para o desenvolvimento. O USIS/ UFRJ – Unidade de Suporte à Inovação Social – nasceu do projeto LASIN – Latin American Social Innovation Network -, financiado pela Comissão Europeia, com o propósito de implementar um modelo de envolvimento Universidade/comunidade, baseado na combinação de atividades curriculares e extra-curriculares, materiais e instrumentos de aprendizagem, treino prático, oficinas e mentorias para reforçar as ligações da universidade com o ambiente social mais amplo (Grupos comunitários, ONGs e/ou OSCIPS, Organizações governamentais, empresas e escolas) com metodologia própria desenvolvida por LASIN

  • Como Registrar e Aprovar Ações de Extensões

    A partir de 2019 as ações de extensão da UFRJ passaram a ser registradas no Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (SIGA). Portanto, solicitamos que os coordenadores de ações atualizem os registros ou cadastrem seus novos cursos, eventos, projetos e programas, diretamente, no sistema.

    Leia as orientações de cadastro e atualização.

    Para saber como cadastrar sua ação de extensão, assista ao vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=LT_mQOzkFD0

    Para saber como atualizar sua ação de extensão já cadastrada, assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=njoVYtegqmg

  • Como Preencher no SIGA o Relatório de uma ação de extensão Finalizada

    1 – Acessar o SIGA, escolher a aba extensão e nela selecionar ver/gerenciar ações de extensão;

    2 – Clicar na ação que deseja fazer o relatório;

    3 – Na parte superior, clicar no item “relatórios”;

    4 – Na nova tela, clicar em “incluir novo relatório”;

    5 – Na primeira tela do relatório o coordenador da ação deve informar o período de atividades que compreende o relatório e clicar em “prosseguir”;

    6 – A tela que segue traz as informações contidas no registro da ação e solicita o preenchimento dos seguintes itens: produtos gerados, concluintes (para cursos e eventos), objetivos alcançados, dificuldades encontradas e outras considerações;

    7 – O relatório importa diversas informações do registro da ação e, por isso, torna-se ainda mais importante que as mesmas estejam atualizadas. O relatório só poderá ser enviado com todos os campos atualizados.

    8 – Para salvar as informações preenchidas e terminar o preenchimento depois, clicar em “Salvar”. Se o preenchimento estiver completo, o coordenador clica em “submeter”. Observação: A periodicidade dos relatórios deverá seguir o estipulado no Artigo 32 do Capítulo VI da Resolução 02/2020 do CEU (Regulamento da Extensão Universitária na Universidade Federal do Rio de Janeiro), conforme transcrito abaixo: Art. 32 – O Coordenador de ação de Extensão Universitária deve apresentar os relatórios à PR-5.

    • Os relatórios de cursos e eventos devem ser encaminhados a Pró-Reitoria de Extensão, através do sistema, ao fim de cada edição dos mesmos.
    • Os relatórios de projetos e programas devem ser encaminhados a Pró-Reitoria de Extensão, através do sistema, ao fim de doze meses de realização.
    • O relatório deve ser apresentado em até 60 (sessenta) dias após a data de conclusão da ação.
    • Os coordenadores das ações de extensão que não apresentarem relatório de atividades não poderão concorrer aos editais da PR-5.
  • Como se Inscrever em uma das Ações de Extensão da COPPE

    Você estudante de graduação que tem interesse em alguma das Ações de Extensão da COPPE, assista o vídeo abaixo para saber como se inscrever.

    https://www.youtube.com/watch?v=pucam0lCHzI

  • Regulamentação Sobre Cursos de Extensão

    RESOLUÇÃO Nº 01/2016 – Regulamentação dos Cursos de Extensão Universitária da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

    RESOLUÇÃO Nº 02/2016 – Regulamentação dos Cursos de Extensão Universitária da Universidade Federal do Rio de Janeiro – Disposições Transitórias.

  • Resoluções Vigentes
  • Eventos

    A 11ª Semana de Integração Acadêmica da UFRJ – SIAc, edição 2021, acontecerá entre os dias 14 e 18 de fevereiro de 2022. Este é um evento que consiste na apresentação de trabalhos de iniciação científica, artística, tecnológica, cultural, iniciação à docência e de extensão. A programação da Semana integra a Jornada de Iniciação Científica Tecnológica, Artística e Cultural (JICTAC), o Congresso de Extensão, a Jornada de Pesquisa e Extensão da UFRJ-Macaé e a Jornada de Formação Docente – PIBID. Ficou interessado? Então, mãos à obra! As submissões de trabalhos começam no dia 28/09.

    Acesse o Edital completo. Para maiores informações acesse o site: www.siac.ufrj.br

  •